Breves

Aprendizagem Informal e o Learning Center

Segundo o Instituto Norte-Americano de Aprendizagem, está provado que 80% da aprendizagem ao longo da vida é transmitida por canais informais e apenas 20% resultam de aprendizagem formal decorrente da formação presencial. Este estudo revela que a forma mais utilizada de passagem de conhecimento é interna à empresa e fundamenta-se principalmente na relação mestre-aprendiz. Desenvolver conhecimento de uma forma contínua e com recursos às TIC, é hoje vital para uma empresa de excelência.

Com isso, a Quidgest apostou na criação do Learning Center, direccionado entre outras vertentes, para a utilização de uma plataforma (www.quidgest.net/learn) que incentiva a participação dos colaboradores de prácticas profissionais e sectoriais nos seus clientes.

O Learning Center é uma base de conhecimento, permanentemente actualizada, onde poderá conhecer as últimas funcionalidades implementadas nos Softwares da Quidgest.

Através do Learning Center pode-se aceder conteúdos informativos que o ajudam a optimizar a utilização de sistemas da Quidgest, tornando mais abrangentes os seus acontecimentos sobre o Workflow global das soluções e sobre os seus processos específicos.

O Learning Center da Quidgest pretende ser precursor dos novos formatos de aprendizagem e ganho de competências, precisamente com recurso a ferramentas inovadoras.

Vantagens da plataforma e -Learning para sua organização

  • Maior acessibilidade: através da internet e a públicos cada vez mais numerosos;
  • Versatilidade temporal: a formação pode ser ministrada no horário mais conveniente para o formando;
  • Ritmo individual de aprendizagem: o formando pode fazer a aprendizagem ao seu ritmo;
  • Eliminação de custos de delegações e de barreiras geográficas; e
  • Rápida distribuição dos cursos e planos de formação.

Apoio que a Quidgest deu a Aidglobal

A Quidgest, que tem apoiado a AIDGLOBAL, congratula-a pela inauguração de cinco Escolinhas Comunitárias, no Distrito do Chibuto. 

A AIDGLOBAL – Acção e Integração para o Desenvolvimento Global é uma organização não-governamental sem fins lucrativos que opera em Portugal e em Moçambique, tendo sido criada com intuito de promover a Literacia e a Educação para o Desenvolvimento e Cidadania.

A AIDGLOBAL começou a actuar a 4 de novembro de 2005, após uma experiência de voluntariado da sua fundadora, Susana Damasceno, na província de Gaza, em Moçambique. Em 2006, foi reconhecida com estatuto de Organização Não Governamental para o Desenvolvimento pelo Governo português e registada junto do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua. Foi ainda reconhecida pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros moçambicano, em 2009, e considerada uma Associação Juvenil Equiparada pelo RNAJ – Registo Nacional do Associativismo Jovem.

A Quidgest tem apoiado a AIDGLOBAL nos seus diversos projectos, há mais de 7 anos, tendo oferecido suporte essencialmente logístico ao projecto “Educadores em Movimento.

No âmbito do projecto “Educadores em Movimento – Uma Educação Itinerante para a Primeira Infância”, no contexto do qual foram construídas cinco (5) Escolinhas Comunitárias, no Distrito de Chibuto, foi inaugurada, no passado dia 12 de Abril, a Escolinha Comunitária de Maivene, uma das comunidades apoiadas ao abrigo do projecto.

As Escolinhas Comunitárias representam um passo importante para a salvaguarda de uma Educação para a Primeira Infância destinada a crianças que, de outra forma, não teriam acesso a este primeiro patamar educacional.

A abertura da iniciativa contou com uma oração proferida pelo presidente do Conselho de Gestão Comunitária da Escolinha, tendo sido imediatamente seguidas das intervenções da Presidente da AIDGLOBAL, Susana Damasceno, que enquadrou a construção da Escolinha, e o seu propósito, no âmbito do projecto.

Foi uma cerimónia de muita alegria e diversão, onde estiveram presente as crianças beneficiárias Escolinha, educadores, pais e as autoridades locais.

Sabendo que as crianças representam o nosso futuro, criar um ambiente acolhedor de educação e diversão constitui o primeiro e grande passo para o desenvolvimento de um futuro próspero, e este projecto é uma porta para um futuro ainda mais feliz.

O ciclo de inaugurações das cinco Escolinhas Comunitárias, que já contam com cerca de 300 crianças inscritas, decorreu entre os dias 11 e 22 de abril e representa mais um passo rumo à criação de respostas destinadas a meninas e meninos, entre os 0 e os 5 anos, que vivem nesta região do país e que, de outra forma, dificilmente teriam acesso à Educação Pré-Escolar. O acesso igualitário e alargado à Educação está, por esta via, num horizonte visível e cada vez mais próximo.

Inteligência Artificial na Saúde

Para a Quidgest, a automação e padronização foram sempre encaradas como chave para produzir Software de forma mais sustentável e para mitigar a perda de conhecimento numa sociedade laboral cada vez mais volátil.
O sistema que possibilita a prescrição electrónica de medicamentos, criado em 1997, é exemplo deste vanguardismo, que na altura se denominou prescrição racional de cuidados de saúde assenta no objectivo de permitir uma gestão uniformizada de custo de medicamentos. Este objectivo é uma realidade desde a sua entrada em produção na PT_ACS.
Nos últimos anos, a área de saúde da Quidgest tem feito uma aposta cada vez mais forte na componente analítica e de inteligência artificial de forma a melhorar a capacidade de os seus sistemas se tornarem verdadeiramente periciais e inteligentes.
Toda a abordagem de desenvolvimento tem sido direcionada para garantir um elevado grau de validade científica no suporte à decisão clínica, administrativa e de gestão.

Para esse efeito, foi criada uma subequipa de Data Science, responsável por desenvolver e concetualizar as melhores abordagens para resolver os problemas do amanhã.

Desenvolvimento de Sistemas Da Quidgest

O desenvolvimento de sistemas funciona como um jogo de construção, onde as peças são pré-construídas, muito resistentes e integram-se muito bem. Encaixando as peças disponíveis, é possível construir qualquer sistema de gestão, daí que esta metodologia garante que qualquer pessoa possa desenvolver sistemas de informação de gestão.
Estes padrões são componentes lógicas que os parceiros e os clientes também conhecem e que foram sendo recolhidos à medida que as soluções vão sendo desenvolvidas.


Esta partilha de conhecimento permite explorar todas as vantagens da geração automática na criação dos sistemas de informação e gestão, e os sistemas assim desenvolvidos, são totalmente adequados aos procedimentos e à estratégia de cada organização, determinantes para que qualquer empresa possa obter vantagem competitiva no seu sector de actividade.
Os sistemas de informação desenvolvidos pela Quidgest respeitam duas camadas, organização empresarial e suporte técnico, tendo como elemento de ligação o GENIO, que garante que a camada superior está permanentemente adequada ao sistema de informação exigido pela empresa e, que a camada inferior é constantemente actualizada face à evolução das tecnologias informáticas, desta forma, ambas camadas se articulam corretamente, ainda que evoluam de forma autónoma.

 

 

 

As funcionalidades de um sistema de informação podem ser desenvolvidas sem que seja necessário alterar a base tecnológica. E que esta, por sua vez, pode evoluir sem que se alterem as funções do sistema.

Os altos e baixos da inteligência artificial ao longo da história

O entusiasmo sobre inteligência artificial não é novo, porém, a cada um dos booms (cada uma das primaveras), seguiu-se um desanimador inverno.
A inteligência artificial hibernou e esteve adormecida até há cerca de 10 anos, mas subitamente, começou a aparecer associada a domínios tão diversos como condução autónoma, recomendações e sugestões em redes sociais, plataformas de comércio eletrónico, diagnóstico médico, reconhecimento facial, otimização de percursos, deteção de fraudes, assistência virtual, geração de narrativas ou compreensão de linguagem natural.
Na actual Primavera da IA (Inteligência Artificial), quer a perspectiva de mais um insucesso e desilusão de um novo Inverno, quer um extraordinário sucesso (no limite, implicando o domínio das máquinas sobre a inteligência humana) geram receios e preocupações.
Actualmente, a IA mobiliza investigadores, estudantes, investidores, decisores e empresários, mas também um número crescente de interessados que pretendem estar bem informados sobre o tema.

As limitações da actual inteligência artificial face à última geração
Existem três limitações graves da presente vaga de IA face ao que já tinha sido alcançado pela anterior, há três décadas:
1. A não evolução na modelação do conhecimento complexo;
2. O esquecimento da inferência lógica e do conhecimento baseado em regras;
3. O foco em problemas com respostas simples (dicotómicas, rankings, ações limitadas a um número de opções reduzido).
A IA actual é também seletiva ao aplicar muitas vezes o pouco inteligente porque é específico.  Toda a IA investida hoje em dia  é reconhecida por ser especifica e não genérica.

Boost Your Success (Impulsione o seu sucesso)

Nos anos 30, o economista Joseph Schumpeter encontrava no conceito de “destruições criadoras” a solução para as crises. Para este teórico, é no momento e crise que surgem os processos mais inovadores, pela necessidade de se melhorar as condições de produção e de estimular o crescimento económico.
Por acreditar que a crise pode ser uma oportunidade para as organizações extraírem todo o potencial das tecnologias da informação, a Quidgest criou a iniciativa Boost Your Success, que apresenta o top 5 das melhores soluções tecnológicas para a excelência organizacional.
Estas soluções tecnológicas estão orientadas para seis objectivos em que todas as organizações de sucesso focam a sua atenção, sendo estes a redução de custos, o aumento da produtividade, rapidez nas respostas, alcance de mais mercados, fornecimento de excelentes produtos e serviços e reaproveitamento do que já existe.

Solução 1: Actualização de Plataformas Tecnologicamente Obsoletas

A metodologia APTO (Actualização de Plataformas Tecnologicamente Obsoletas) desenvolvida pela Quidgest é apoiada na geração automática de software que preserva as funcionalidades nucleares do sistema de informação e assegura a sua evolução futura.
Ao optar por uma evolução APTO, protege-se o investimento já feito, reaproveita-se muito da estrutura funcional e orgânica criada ao longo do tempo, mantém-se as competências, transmite-se uma imagem de continuidade, estabilidade e confiança e reduz-se os custos.

Solução 2: 1ERP Gestão Integrada de Informação

O 1ERP é um software de gestão empresarial de excelência que integra informação de gestão de origem interna e externa, transversal a toda organização, englobando todas as áreas funcionais, como a área financeira, a área de produção e a área de vendas.
Integrando processos e regras de negócios num sistema que partilha a informação, obtém-se uma poupança de tempo e, consequentemente, dinheiro.

Solução 3: Office 365 e CRM na nuvem
O Office 365 é uma ferramenta de produtividade na Cloud que ajuda a poupar tempo e dinheiro e a libertar recursos valiosos. Esta ferramenta coloca na nuvem versões de soluções on-premise: Exchange Online, SharePoint Online e o Lync Online.
O CRM Online é um sistema em cloud que permite o acesso aos dados a partir de qualquer lugar, com vantagens evidentes ao nível de produtividade e da angariação de oportunidades.

Solução 4: Solução Agile
As soluções ágeis permitem responder rapidamente aos clientes, alterações nos mercados, desafios dos concorrentes, inovações tecnológicas e mudanças legislativas, garantindo uma vantagem competitiva para a empresa.

Solução 5: Qualidade e Confiança

Para que as tecnologias sejam instrumentos eficazes de gestão, é necessária alinhar as TIC com o negócio da organização, através de serviços de consultoria especializada garantindo, pela tecnologia, a qualidade de processos.

 

Com a pandemia que assola o mundo desde 2020, uma das áreas mais afectadas foi o artesanato, dificultando a exposição e venda de obras de arte e colocando em causa o sustento de vários artistas. Com isso, foi desenvolvido pela Quidgest Software Plant um portal, designado Loja das Artes, onde artistas de várias categorias podem expor e vender gratuitamente os seus trabalhos artísticos.

O principal objectivo da Quidgest com a Loja das artes é incentivar a criação, o consumo e a venda de arte em Moçambique, sem que esta tire proveito do dom e talento dos artistas que vivem e amam a arte. Este portal permite que tanto os artistas quanto os apreciadores de arte estejam cadastrados e tenham acesso a vasta gama de arte disponível no país.

Visão: valorização e modernização do consumo de arte.

Missão: garantir um espaço digital que permita a exibição, apreciação, venda e consumo de arte.

Para mais informações aceda o site em www.lojadasartes.co.mz.

Jorge Sequeira visita a Quidgest

Jorge Sequeira visita à Quidgest Software Plant, Lda.

 

 


O brilhante investigador e motivacional Speaker Jorge Sequeira deu-nos a honra da sua visita no passado dia 26, tendo percorrido as nossas instalações e se inteirado do trabalho que a Quidgest tem efectuado em Moçambique, nomeadamente com projectos que pelo seu impacto nas populações ajudam a que as Instituições nossas clientes se posicionem no cumprimento dos Objectivos do Desenvolvimento Sustentável(ODS).
Jorge Sequeira com a sua sempre boa disposição, confraternizou ainda com a equipa, relevando e congratulando-nos pelo facto de ser quase que exclusivamente moçambicana e com forte aposta na integração dos jovens no mercado de trabalho e no acesso à tecnologia de ponta desenvolvida e usada na Quidgest.
Daqui o nosso muito obrigado e será sempre bem-vindo nesta nossa  casa.

 

 

Prémio Pedro Cudell

Prémio Pedro Cudell

A SOFID promoveu os Prémios Pedro Cudell Internacionalização, com o objetivo de distinguir e divulgar a excelência dos projetos das empresas portuguesas que apostaram nos países africanos e impactaram, com a sua actividade, nos ODS(Objectivos de Desenvolvimento Sustentável). A Quidgest S.A pelo seu Investimento na Quidgest Software Plant, Lda. obteve uma menção honrosa no Prémio Pedro Cudell.

Para mais informações aceda o site:

https://www.sofid.pt/premio-pedro-cudell/.

A PCA da Quidgest Portugal “Cristina Marinhas, CEO(Chief executive office/Directora Executiva) da Quidgest” deixou ficar as seguintes palavras:

“Foi com muito gosto que a Quidgest recebeu uma menção honrosa do Prémio Internacionalização Pedro Cudell. Atuamos há mais uma década no continente africano através da Quidgest Moçambique, que já desenvolveu projetos de grande impacto nas comunidades locais – exemplo do Kiri Biz, que promove a saúde e direitos sexuais e reprodutivos das meninas em Moçambique. Menções como as da SOFID asseguram, mais uma vez, que as nossas equipas de Lisboa e Maputo estejam a contribuir para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e desenvolvimento das comunidades africanas.”

prémio Pedro Cudell
prémio Pedro Cudell
Q-Day 2021

Q-Day 2021

12.ª edição da Q-Day Conferência 14 de Setembro de 2021 

 

O Q-Day é o palco de debate de ideias e tendências sobre o valor das novas tecnologias, em especial o software, na economia e na sociedade, promovido pela Quidgest com o apoio de várias entidades e parceiros. Sempre a olhar para o futuro e para as contínuas oportunidades de um mundo em mudança acelerada, este evento aborda temas como a inovação, o empreendedorismo, a competitividade global e geração de riqueza, a transformação digital e a inteligência artificial, a responsabilidade social e a sustentabilidade.

shttp://youtube.com/watch?v=X6W7D60i5z0&t=37s